Muita atenção! Nem sempre quem está lhe dando atenção o está fazendo com boas intenções. Muitas vezes recebemos atenção interesseira e que pouco está preocupada com nossas necessidades e desejos. São feedbacks e conselhos que podem ser interessantes para quem os dá mas não para quem os segue. Detectar a qualidade do retorno da atenção que recebemos pode ser precioso para identificarmos quem realmente deseja que evoluamos e tenhamos melhores resultados daqueles que apenas nos querem ver no buraco ou alcançando metas que são deles e não nossas.

Quando estamos mais atentos, nos tornamos mais sensíveis e capazes de identificar se as ações dos que estão à nossa volta são adequadas e corretas ou manipuladas e interesseiras. Se não nos atentamos, podemos acabar em maus lençóis. E não é tão difícil de fazer! Passa por olharmos com um pouco mais de cuidado os feedbacks dos que estão à nossa volta. Não apenas no conteúdo do feedback, mas também na postura, olhar e comportamento de quem os emite. É aquela história de que o “corpo fala”. Também cabe uma análise um pouco mais cuidadosa do que nos chega. Racionalizar um pouco, analisar sua pertinência, adequação e validade.

Nem sempre as coisas são o que parecem ser! Portanto, convirja sua atenção para um pequeno momento de reflexão antes de sair seguindo conselhos, opiniões e pontos de vista de terceiros. Use seu bom senso, intuição e inteligência para poder aproveitar os retornos que receberá dos outros, sem porém ter fé cega, pois isso é como uma faca amolada: basta um descuido para sair machucado!