Não nascemos experts em atenção e sem a devida intenção e prática, não chegamos nem perto do que pode ser uma atenção de qualidade e acima da média. Não lhe damos atenção! A consideramos automática e com funcionamento que não demanda esforços conscientes e muito menos, gerenciamento. Entretanto, isso é uma falácia! Sabemos que boa parte do que nos faz melhores passam pelo processo intencional nosso de desenvolvimento. Sermos pessoas acima da média demanda que sejamos dedicados de forma além do que os outros o são. No pain, no gain! Certo?

Então coloque na sua agenda a ginástica atencional. Imagine-a como se fosse um músculo e como tal, precisa de ser estimulada na forma e constância adequada para se tornar mais forte. Quando passar a fazer uma vida mais dedicada à própria atenção, vai gerenciá-la com maior maestria e nessa, poderá ver os benefícios que terá em termos de ser mais perceptivo, ter um processo cognitivo mais rico, tomar melhores decisões, aprimorar suas relações e efetivar uma aprendizagem mais ampla, conectada e inteligente.

Portanto, saia do automatismo atencional e passe a ser um atleta da boa atenção!

Valorize nossas ações nas redes sociais! Siga, curta, comente, compartilhe e nos ajude a difundir uma prática de atenção positiva e mais efetiva a um numero maior de pessoas!