Você já deve estar ciente da existência de uma síndrome denominada Burnout. Ela surge quando se vai acumulando fatores como trabalho desgastante, excesso de exigências, conflitos com outras pessoas, falta de autonomia, desequilíbrio entre vida pessoal e profissional, dentre outros fatores. A pessoa acometida dessa questão sofre muito, podendo ser mediante dores de cabeça, pressão alta, insônia, perda de libido e outros sintomas que derrubam a pessoa em termos emocionais e cognitivos.

É lógico que não podemos dizer que a gestão da atenção seja um remédio para a Burnout, mas é com certeza um fator de prevenção e minimização. Ao tratar de fatores como organização pessoal, melhor gestão da informação, uso positivo do tempo, atuação centrada em focos mais relevantes, menor incidência de distrações, desatenções e interrupções, a pessoa adquire uma atitude preventiva e educativa para si e seu entorno, reduzindo vários impactos incrementados da Burnout

Vale a pena conhecer mais sobre Gestão da atenção e se manter mais distante dessa desagradável síndrome do mundo moderno!