Muitas vezes nos perguntam como devemos fazer para ter uma melhor percepção de modo a tornarmos mais eficientes nossos processos de Gestão da Atenção? 

Dizemos aos amigos que se trata de atuar no que vem na base da percepção, que em síntese, é representada por quatro elementos: organização, tempo, informação e decisão. 

Se você quer exercitar uma percepção de maior qualidade, trazendo para sua cognição os elementos mais relevantes e agregadores, é preciso que você tenha habilidade nestes quatro elementos. Trabalhando neles, estará se habilitando a fornecer à sua percepção um substrato mais firme para sua ação. 

Trata de se tornar uma pessoa mais organizada. Em meio ao caos e à bagunça, seu poder de percepção fica comprometido. Gerenciar bem o tempo também é uma dádiva para uma boa percepção. Sempre correndo e atrasado, não poderá perceber bem as coisas e demandas a sua volta. Trabalhar bem com as informações. Sabe aquela máxima da informática que diz que se “entra lixo, sai lixo“? Então, é preciso saber onde, como, quando e com que grau de qualidade as informações para que elas possam efetivamente apoiar sua cognição e orientar sua percepção. Por fim, quanto mais tiver a capacidade de tomar boas decisões, menores são as chances de erro, baseados em percepções equivocadas, incompletas, enganosas ou conquistadas pela aparência. Se habilite nestas capacidades e logo verá os ganhos de uma percepção mais efetiva da realidade, trazendo assim processos cognitivos mais ricos, contextualizados, inovadores e diferenciados. 

Hora de conferir suas habilidades pró-Percepção acima da média!